Primeiro efeito prático percebido foi a redução de 67% nos acidentes graves dentre as empresas participantes da iniciativa


Redação TranspoData


Foto Rodolfo Buhrer, Volvo, Divulgação

 

Com a participação de grandes transportadoras e operadores logísticos brasileiros, a Volvo fez a diplomação da turma piloto do projeto Desafio Zero Acidentes. Promovido pelo Programa Volvo de Segurança no Trânsito, a iniciativa é dirigida a gestores de segurança viária do transporte de cargas. O número de acidentes graves entre as empresas participantes reduziu em 67%.

 

Todos os anos, cerca de 33 mil pessoas perdem a vida em estradas, enquanto outras 500 mil têm sequelas de média ou severa gravidade. O país perde por ano mais de R$ 132 bilhões em custos sociais, de acordo com dados do IPEA 2020 (Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas). Estima-se que um terço dos acidentes nas rodovias federais  envolvam caminhões e ônibus.

 

Tendo a segurança como um valor fundamental de marca, há anos a Volvo adota a visão “Zero Acidentes Fatais” como um ideal de futuro para seus veículos. Uma das iniciativas é a promoção da norma ISO 39001, tida como o principal direcionamento para gestão de segurança viária para empresas transportadoras ou que têm operações de transporte estruturadas, independente do ramo de negócios.

 

O Desafio Zero Acidentes é uma consultoria detalhada em gestão de segurança viária, seguindo os conceitos da ISO 39001. A primeira turma reuniu 10 transportadoras e operadores logísticos, selecionados conforme o tipo de frota e a natureza do transporte. Participaram as empresas IC Transportes, Rodeiro, ALP, Raça, LAR Cooperativa Agroindustrial, Expresso Figueiredo, Grupo Petrópolis, Lenarge, Transben e Transmasut. Juntas, elas têm mais de cinco mil veículos e contam com 6.275 motoristas. Todos os meses, rodam mais de 35 milhões de quilômetros, o que dá a soma de 878 voltas ao redor da Terra em apenas 30 dias.

 

Menos acidentes, mais maturidade

 

CRÉDITO

Foto Volvo, Divulgação

 

 

Os resultados alcançados pelas participantes são excepcionais. O número de acidentes graves foi reduzido em 67%. Os picos de velocidade dos veículos caíram 52%. Os cuidados com a manutenção preventiva aumentaram 54%. Já o grau de maturidade dos sistemas de gestão viária deu um salto em 118%. “Há resultados concretos até mesmo na rentabilidade das empresas. Mas o ganho vai além. Falamos de uma mudança de mentalidade, de um olhar atento e uma postura de cuidado com os motoristas e com a sociedade”, ressalta Alcides Cavalcanti, diretor executivo da Volvo Caminhões.

 

Para aplicar o Desafio Zero Acidentes a Volvo criou uma plataforma de aprendizagem e o treinamento gratuito contou com 16 módulos com aulas online, perfazendo um total de 128 horas de curso, distribuídas entre os meses de fevereiro e novembro de 2022. Dentre os temas tratados estiveram desde o compromisso com o transporte seguro e sustentável, passando pela gestão de riscos, planejamento e controle operacional em segurança viária, até a psicologia e o comportamento no trânsito.

 

O programa disponibilizou ainda 10 horas de mentoria personalizada para adequação da empresa às normas ISO 39001. Essa etapa ocorreu após auditoria presencial de definição do plano de ação, baseado no mapa de oportunidades de melhorias identificadas. As mentorias aconteceram entre janeiro e agosto de 2023, com a orientação dos consultores da Volvo avaliando processos internos, avanços e recomendações.

 

Mesmo não sendo o objetivo final, cinco das empresas participantes conquistaram a certificação ISO 39001. Outras estão em processo de auditoria para a certificação. Uma segunda turma do programa está sendo planejada para 2024.

 

Anaelse Oliveira, coordenadora do Programa Volvo de Segurança no Trânsito, argumenta que o trabalho evidencia o quanto ainda há de espaço para melhorias na gestão da segurança viária. “Os transportadores ganham em rentabilidade, produtividade e atratividade de motoristas, que buscam mais qualidade de vida. Há também ganhos de imagem junto aos embarcadores, que se sentem mais seguros em contratar fretes de empresas que não se envolvem em acidentes”, reforça.

 

 

CRÉDITO

Foto Volvo, Divulgação

 

Reconhecimento global

 

A iniciativa também foi reconhecida dentro do Grupo Volvo. Concorrendo com outros 106 projetos em 2023, o Desafio Zero Acidentes foi um dos vencedores do Volvo Group Health & Safety Award, premiação interna da marca para as melhores práticas de saúde e segurança em todas as unidades da companhia no mundo.