Objetivo é potencializar os negócios no país, onde está instalada a maior planta da empresa no mundo, em Sete Lagoas (MG)

 

05

Redação TranspoData

 

06

Foto Iveco Group, Divulgação

 

Instalado em Sete Lagoas (MG) há mais de 25 anos, o Iveco Group está potencializando seus negócios na região a partir da cooperação com parceiros. Em recente reunião na sede do Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças), em São Paulo (SP), gestores da empresa promoveram um encontro estratégico com 200 fornecedores com potencial para se conectar aos negócios das marcas IVECO, FPT Industrial e IDV para discutir oportunidades de colaboração.

 

George Ferreira, diretor de compras do Iveco Group para a América Latina, expôs ao grupo que o Brasil é um mercado estratégico para a companhia e suas marcas, bem como a estratégia de seguir investindo no crescimento das operações no país. “Este encontro reforça o interesse em estreitar o vínculo com os fornecedores, nacionalizando componentes fundamentais para a cadeia automotiva e alavancando não apenas nosso negócio, mas o segmento”, assegurou.

 

A nacionalização de produtos, por meio de fornecedores instalados no Brasil, é um dos principais focos de competitividade e investimentos do Iveco Group, que tem Minas Gerais, em especial, no centro do planejamento estratégico. Nos últimos três anos, a IVECO duplicou a participação de mercado no país, operando a partir de Sete Lagoas. Com volumes maiores, o grupo concentra esforços para atrair fornecedores para a região.

 

Durante o encontro, Ferreira apresentou detalhes sobre as operações do Iveco Group na América Latina e um panorama dos negócios da IVECO e da FPT Industrial, que mantiveram crescimento de market share em 2023 e têm perspectivas positivas para 2024. “Essa trajetória de crescimento e inovação só será sustentável com a parceria robusta com fornecedores brasileiros e da América Latina”, acrescentou.

 

Marcio Querichelli, presidente da IVECO para a América Latina, reforçou as oportunidades da marca e a ambição da montadora para consolidar uma trajetória ascendente na região, fortalecendo a colaboração com os fornecedores. "Buscamos reforçar nossa posição no Brasil. Para isso, destacamos a importância do diálogo contínuo com fornecedores e empresas com potencial para se unir a nós, abrindo novos caminhos e diversificando suas operações", ressaltou.

 

Marco Rangel, presidente da FPT Industrial na região, abordou o perfil diversificado da empresa que lidera há oito anos, presente nos segmentos de agronegócio, construção civil e veículos comerciais. "Ao longo de 2023, nossa atuação foi pautada na tecnologia e pela implementação de inovações adequadas ao país e alinhadas à matriz energética doméstica, avançando em segmentos cruciais para a economia. Os fornecedores desempenham papel essencial nesta estratégia", afirmou.